Voo de deportação de Novak Djokovic é acompanhado por milhares de pessoas

O tenista sérvio Novak Djokovic foi finalmente deportado após ter seu visto australiano negado pela segunda vez. Seu voo de volta para casa está sendo acompanhado por milhares de pessoas através de plataformas de rastreamento.

Imagem: Emirates

O famoso tenista tem causado polêmica e dividido opiniões desde o início da pandemia, por ser contrário à vacinação e ter promovido eventos com aglomerações em seu país natal, a Sérvia.

Ainda sem se vacinar, ele decidiu ir para o torneio Aberto da Austrália e, inicialmente, tinha conseguido uma isenção da regra australiana em que apenas estrangeiros vacinados podem entrar no país, ainda que sob condições especiais.

Djoković u trećem kolu Otvorenog prvenstva Austalije

Logo depois de chegar à Austrália, ainda cumprindo quarentena, ele teve seu visto revogado, recorreu e conseguiu aguardar julgamento no país, o qual foi realizado nas primeiras horas do domingo (16), quando seu visto foi definitivamente cancelado e ele, portanto, obrigado a sair do país.

O primeiro voo disponível a partir de Melbourne, onde o torneio esportivo será realizado, é o da Emirates para Dubai, de onde depois ele deve seguir para a Sérvia.

O voo dura um pouco mais de 13 horas e está sendo realizado por um Boeing 777-300ER. Na ferramenta de rastreamento de voos FlightRadar24 ele foi acompanhado por mais de 8 mil pessoas em alguns momentos do dia, não ficando abaixo de 4 mil pessoas simultaneamente até o momento em que essa matéria era escrita.

Veja abaixo a trajetória feita pelo voo:

© RadarBox
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias