Início Variedades

Voos cancelados em Arequipa, no Peru, após invasão do aeroporto por manifestantes

Foto: AAP

O Aeroporto Internacional Alfredo Rodríguez Ballón, de Arequipa suspendeu todas as suas operações nesta quinta-feira (19) como resultado de violentos protestos ocorridos em suas proximidades, no marco de uma greve nacional convocada pelos partidários do socialista Pedro Castillo, que foi deposto da presidência do Peru em dezembro, após uma tentativa de autogolpe.

Em Arequipa, mais de 200 manifestantes quebraram a cerca do perímetro do aeroporto e tentaram tomar suas instalações. Para hoje, o aeroporto tinha programado a chegada de 18 voos da LATAM, SKY e JetSMART, dos quais seis pousaram na manhã antes do fechamento, enquanto os demais foram cancelados. Mais de 3 mil passageiros estão sendo afetados por esta medida.

Pedimos à população em geral que cesse a violência e respeite os direitos dos cidadãos e o livre trânsito”, disse a Aeropuertos Andinos del Perú, operadora privada do aeroporto de Arequipa, o terceiro mais movimentado do país depois de Lima e Cuzco.

O Ministério dos Transportes e Comunicações não informou por quanto tempo Arequipa permanecerá fechada. Lembremos que o aeroporto de Juliaca está fechado desde 5 de janeiro e assim permanecerá pelo menos até segunda-feira, dia 22.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.