Voos da Gol de Santo Ângelo (RS) até São Paulo são debatidos em audiência pública

Boeing 737-800 da Gol Linhas Aéreas

A região missioneira unida luta contra o tempo em duas frentes relacionadas ao Aeroporto Regional de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul. O tema pautou audiência pública da Assembleia Legislativa na última terça-feira (24), organizada pelo deputado estadual Eduardo Loureiro para atualizar as informações do projeto de ampliação da pista e das obras provisórias e imediatas que já estão sendo feitas, com objetivo de viabilizar os voos que a Gol Linhas Aéreas quer iniciar até São Paulo, no segundo semestre desse ano.

O diretor da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), Eduardo Bernardi, informou que o segundo volume do projeto foi protocolado neste mês de maio e está em análise por órgãos federais.

Ele acredita que, se aprovado em breve, será possível licitar a obra ainda em 2022. Para tanto, diz que já estão reservados R$ 15 milhões no orçamento de 2023 para começar os trabalhos. O custo total da obra gira em torno de R$ 44 milhões, recurso já garantido junto à União desde 2011.

Sobre a viabilização dos voos da GOL, o prefeito de Santo Ângelo, Jacques Barbosa, destacou que as obras do terminal provisório estão 50% concluídas, num investimento de R$ 600 mil feito pelo município. O terminal provisório era uma das exigências da companhia.

No entanto, para que os voos da Gol comecem no segundo semestre, é necessário o Estado fazer sua parte na questão do aterro a ser feito na área de escape no fim da pista, denominado na linguagem aeronáutica de RESA (Runway End Safety Area).

Mesmo que o Sindicato Rural e empresários de Santo Ângelo tenham bancado o projeto e estejam dispostos também a pagar por esse aterro, o Estado ainda não deu autorização para isso.

Outra pendência é o plano contra incêndios, que precisa ter o aval do Corpo de Bombeiros. De acordo com o diretor do Departamento Aeroviário do Estado (DAP), Leandro Taborda, as duas pendências estão sendo tratadas com a urgência que o tema requer, mas não garantiu prazo para que sejam definidas.

Informações da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias