Início Indústria Aeronáutica

Voos de certificação do Boeing 777X são suspensos após novo problema nos motores

A certificação do Boeing 777X sofre mais um atraso e novamente causado por problemas no gigante motor GE9X da General Electric.

O maior avião bimotor já fabricado no mundo já deveria estar em operação segundo o planejamento inicial, mas os atrasos no próprio projeto e outros problemas na Boeing fizeram com que a entrada em serviço comercial ficasse para 2024, apesar de empresas aéreas já considerarem que 2025 é um prazo mais realista.

Agora, o novo problema teria ocorrido durante um voo que avaliava os limites térmicos do 777X, embora mais detalhes não tenham sido revelados pela AviationWeek, que noticiou a paralisação dos voos do único avião que está realizando a campanha de testes.

Boeing e General Electric estão avaliando se o incidente foi um caso isolado, um problema em vários motores GE9X ou mesmo uma falha de projeto. Não existe previsão para retorno dos voos de testes e não foi informado à mídia se a campanha de certificação sofrerá algum novo atraso.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A