DE QUEM SÃO OS AVIÕES DA ITAPEMIRIM

Por Carlos Ferreira 04 de Janeiro de 2022

A Itapemirim suspendeu suas operações em 17 de dezembro com sete aeronaves na frota. Todas elas são alugadas de quatro empresas diferentes

Deucalion

A empresa britânica é dona de dois Airbus A320 que estão com a ITA, o PS-ITA e o PS-SFC

Essas duas aeronaves serão enviadas, nos próximos dias, ao deserto de Marana, nos EUA, para armazenamento

Carlyle

A empresa americana aluga três Airbus A320 da ITA, que têm as marcas PS-SPJ, PS-TCS e PS-AAF.

ALAFCO

Do Kuwait, a empresa aluga apenas um jato para a ITA, o que leva consigo a marca PS-MGF.

Todos os três jatos da Carlyle e o da ALAFCO deverão ser enviados ao Rio de Janeiro, onde ficarão armazenados no aeroporto do Galeão por tempo indeterminado.

Outro jato que já está no Rio é este A319, de marca PS-SIL e que nunca voou pela ITA. Ele foi alugado da maltesa Hi Fly. O jato chegou ao Brasil com uma pintura híbrida.

O futuro das aeronaves, assim como o da empresa, são incertos.

A movimentação de dois aviões aos EUA indica que o seu dono as quer "por perto" enquanto a empresa aérea define seu futuro.

FUTURO

A empresa aérea indicou que volta a voar em fevereiro, mas não há nada concreto ainda. Enquanto isso, tem seu certificado suspenso pela ANAC e enfrenta acusações do Ministério Público e do Procon.

É fundamental acompanhar os próximos passos da frota, pois o destino dos aviões pode indicar qual será o futuro da empresa.