Aeronave da Airbus voa por 64 dias ininterruptos e cai antes de bater recorde

Foto: Airbus Defense

Embora não tenha batido um desejado recorde, o veículo aéreo não tripulado (UAV) movido a energia solar e desenvolvido pela Airbus Defense e pelo Exército dos EUA, batizado de Zephyr, fez história ao permanecer por 64 dias em voo estratosférico. Para a fabricante da aeronave, o teste foi bem sucedido, na medida em que permitiu realizar uma série de experimentos ligados à resistência em voo.

O Zephyr estava no ar desde 15 de junho e caiu em 19 de agosto, em circunstâncias ainda não detalhadas pela Airbus ou pelo exército americano.

E foi por bem pouco que o equipamento não quebrou um recorde histórico de resistência em voo, o qual data de 1958, quando dois pilotos de um Cessna 172 passaram pouco menos de 65 dias voando continuamente perto de Las Vegas, reabastecendo através de uma mangueira conectada a um caminhão em movimento no solo.

Foto: Airbus

O Zephyr

Conhecido como um pseudo-satélite de alta altitude (HAPS), a plataforma da Airbus estava voando sobre o local de testes militares Yuma Proving Ground, no Arizona. O motivo dos testes deve-se a uma busca do exército por desenvolver o que descreve como “capacidades estratosféricas de resistência ultralonga”, embora os detalhes dessa iniciativa ainda permaneçam em sigilo.

A Airbus, por sua vez, vê muitas outras aplicações militares e comerciais para o Zephyr, inclusive para realizar vigilância e monitoramento persistentes, reconhecimento, proteção de comboios, interceptação de sinais, monitoramento de colheitas e gerenciamento de incêndios florestais, entre outros.

As asas da aeronave ultraleve têm 25 m de envergadura e contam com painéis solares, usados ​​para alimentar as duas hélices montadas na traseira do Zephyr. A aeronave pesava menos de 75 kg. Os sistemas do Zephyr armazenavam energia solar suficiente durante o dia para alimentar a aeronave à noite.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Viabilização de novas rotas no Nordeste é discutida por Azul, Gol...

0
Encontro levantou potenciais dos municípios para receber os novos serviços aéreos e estratégias para diminuir custos operacionais.