Avião Solidário da LATAM leva mais 10 ton de comida desidratada do Brasil para a Ucrânia

Imagem: LATAM

Quase dois meses após o início dos ataques russos em território ucraniano, o país segue em situação de emergência e o número de refugiados aumenta gradativamente, chegando a mais de 11 milhões de pessoas que deixaram suas casas.

Reforçando o objetivo de ajudar no combate à fome no mundo e trazendo dignidade às vítimas da guerra, a Simple Nutri, empresa de alimentação desidratada com foco social, lidera um novo envio de ajuda humanitária com destino a Ucrânia a pedido da CARE, umas das maiores organizações de ajuda humanitária do mundo e com atuação em 104 países. O envio conta com o transporte gratuito da LATAM, por meio do seu programa Avião Solidário.

Essa será a terceira carga saindo do Brasil com destino a Europa e, dessa vez, serão enviadas 10 toneladas de alimentos desidratados, entre sopas e risotos, o equivalente a aproximadamente 250 mil refeições, que foram encomendados pela CARE.

Imagem: LATAM

A Simple Nutri junto com parceiros como Movimento União BR e LATAM, via projeto Avião Solidário, articulou toda a logística pró-bono para que esse pedido chegue até a fazenda da brasileira Maria Thereza Cunha Bueno, na fronteira da Romênia com a Ucrânia, de onde saem as ajudas humanitárias através da CARE e da Cruz Vermelha. O último envio das refeições, realizado no final de março, teve Odessa e Mykolaiv, na Ucrânia, como destinos finais.

A empresa já vem se especializando nesse tipo de envio rápido e eficiente. O primeiro envio foi para as Nações Unidas e Agência Brasileira de Cooperação, através do avião da FAB, levando mais de 10 toneladas de alimentos numa articulação logística que também aconteceu em tempo recorde e durante o feriado de Carnaval no mês passado.

Já a segunda foi uma força-tarefa através da campanha Juntos pela Vida, envolvendo entidades, empresas privadas e sociedade civil, liderada pelo Movimento União BR, LATAM, Agência Brasileira de Cooperação (ABC), da empresária Maria Thereza Cunha Bueno e seu marido Hubertus von Nesselrode, da Vitamedic Indústria Farmacêutica, que pertence ao grupo José Alves, do apresentador e empresário Luciano Huck, e de cidadãos brasileiros. Além disso, contou também com o apoio do GRU Airport, Instituto da Criança – ONG gestora da campanha, Fermac, Ftrade, Manchester AG, Real Cestas e Luna Express.

O novo envio saiu nessa semana com destino a Europa. Chegando lá, os alimentos seguirão até Siret, cidade na fronteira entre a Ucrânia e a Romênia, na qual a fazenda da brasileira Maria Thereza Cunha Bueno funciona como ponto consular oficial do Brasil e centro de acolhimento aos refugiados.

Outros parceiros logísticos cuidarão do transporte terrestre na Europa para que os alimentos cheguem até a fazenda. Chegando lá, a CARE e a Cruz Vermelha irão fazer a distribuição dentro do território ucraniano. O principal objetivo desse novo envio é chegar na Ucrânia e nas cidades mais afetadas pelos ataques russos, com a missão de alimentar pessoas que estão sem acesso a comida, levando dignidade.

Informações da LATAM

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias