Bamboo dá adeus aos seus jatos Embraer, com os três últimos indo embora em breve

Imagem: Bamboo Airways

A Bamboo Airways está prestes a se despedir de mais três aviões Embraer. A companhia aérea vietnamita, juntamente com seu parceiro de leasing de aeronaves, chegou a um acordo para encerrar antecipadamente o contrato de leasing de três Embraer E190 após o término da temporada de inverno em março.

Como relata a imprensa vietnamita, essa medida segue a cessação das operações com a aeronave Boeing B787-9 em novembro de 2023 e faz parte de um processo de reestruturação de operações da empresa. A partir de abril, a Bamboo Airways operará exclusivamente aviões Airbus A320/321 em sua rede de rotas domésticas e internacionais regionais.

A frota de aviões de passageiros da Bamboo Airways em abril incluirá oito aviões A320/321, com expectativas de aumentar para 12 a 15 aeronaves do mesmo tipo até o final deste ano, se as condições financeiras e de mercado permitirem.

Como parte dessa reestruturação, a Bamboo Airways encerrará suas operações em rotas operadas com a aeronave Embraer E190, incluindo as que ligam Hanói e Ho Chi Minh City a Con Dao e Hue, além da rota de Hanói para Dong Hoi.

O Embraer E190 é um jato fabricado no Brasil e utilizado pela Bamboo Airways para voos diretos para a Con Dao desde 2020. No entanto, especialistas avaliam que esse tipo de aeronave não é mais adequado para o mercado da aviação vietnamita, alegando altos custos de manutenção e consumo de combustível.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aeroporto de São José dos Campos negocia novas rotas de carga...

0
A concessionária SJK Airport está negociando a ampliação dos voos regulares para transporte de cargas aéreas para países como México