FAB realiza lançamento de 36 toneladas de materiais para reconstrução de pista em Surucucu

Quarto Pelotão Especial de Fronteira (4º PEF) – Imagem: Sargento Lucas Nunes/ CECOMSAER

Dentro da Operação Yanomami, a Força Aérea Brasileira (FAB) concluiu o lançamento de materiais para a recuperação da pista de pouso do Quarto Pelotão Especial de Fronteira (4º PEF), do Exército Brasileiro (EB), localizado na região de Surucucu (RR), cujo o único meio de acesso é o aéreo.

De acordo com a FAB ao todo, foram lançadas 36 toneladas de materiais de reparo e equipamentos como compactador de solos, cortadora de asfalto e soprador. Na primeira fase, antes do início da operação, ocorreu o lançamento de 25 toneladas.

Já na segunda fase, foram cerca de 2,5 toneladas lançadas, em missões de aproveitamento, finalizando, nessa terça-feira (07/02), com o envio de 7,5 toneladas. Logo após a chegada dos insumos, a obra ficará a cargo dos militares do Sexto Batalhão de Engenharia de Construção (6º BEC), do EB.

Imagem: Sargento Lucas Nunes / CECOMSAER

A recuperação da pista, localizada a 270 quilômetros da capital Boa Vista, atenderá não somente as demandas da FAB, como também do 4º PEF e das comunidades indígenas, melhorando o apoio à região, uma vez que possibilitará o pouso de aeronaves de maior porte.

Operação Yanomami

A FAB atua na Operação Yanomami desde o dia 22/01, realizando o lançamento e o transporte de medicamentos e alimentos que são distribuídos entre as comunidades indígenas da região, assoladas por esta grave crise sanitária.

Desde o início da operação, somando-se mais de 441 horas de voo, a FAB já enviou 3.939 cestas básicas, 78,7 toneladas de mantimentos e remédios e realizou 74 evacuações aeromédicas.

Informações da Força Aérea Brasileira

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Aeroporto da Zona da Mata-MG recebe selo do Programa Aeroportos Sustentáveis,...

0
Com pontuação média de 70,61%, o Aeroporto recebeu selo do Programa “Aeroportos Sustentáveis” idealizado pela agência, destacando-se em