Ocupação artística promete ser o mais novo point de selfies do Aeroporto de Salvador

Terminal do Aeroporto de Salvador – Imagem: Salvador Bahia Airport

O Aeroporto Internacional de Salvador, na Bahia, recebeu uma ocupação artística que promete ser o mais novo point de selfies do Aeroporto.

Segundo a VINCI Airports, concessionária administradora do Salvador Bahia Airport, a autora é a artista plástica baiana Raiana Britto, que preparou uma ilustração reunindo cenas do cotidiano de pessoas negras que vivem em Salvador.

O painel está instalado na parede próxima à entrada do embarque, no 2° pavimento. A ideia é dar visibilidade a uma jovem artista e promover a diversidade no ambiente aeroportuário.

Imagem: Salvador Bahia Airport

Raiana é uma artista visual negra que reside na cidade de Salvador. Suas ilustrações estão ligadas a questões sociais de raça e gênero, e têm como inspiração sua própria vivência e de pessoas próximas. Através da arte, Raiana Britto busca trazer novos olhares para instigar o que não é visto e focar no protagonismo negro.

Nesse sentido, Raiana pontua o impacto que as suas obras podem ter em quem frequenta o Aeroporto de Salvador.

“Nessa arte penso em trazer a negritude de uma forma ancestral, mas também cotidiana, cenas e termos particulares de quem é baiano, soteropolitano, de quem é preto. Com isso, espero conseguir alcançar um grande número de pessoas, seja pela identificação ou admiração, ou os dois. Além disso, agregar conhecimento, consciência e inspiração para estudos através do que represento”, explica a artista.

Promovendo a diversidade

Visando reforçar cada vez mais o compromisso com a diversidade, o Salvador Bahia Airport preparou uma programação especial para o seu público interno durante novembro, promovendo diversas ações em homenagem ao mês da Consciência Negra. As ações culminaram no dia 30, com a exibição do filme “Pantera Negra: Wakanda para Sempre” em uma sessão especial de cinema.

O Novembro Negro também contou com o evento “Minha Cor Tem História”, que trouxe a palestra Diversidade, Inclusão e Intencionalidade, com Luana Génot, escritora, fundadora e diretora do Instituto Identidades do Brasil – organização que tem como propósito acelerar a promoção da igualdade racial e a inclusão de negros e indígenas no mercado de trabalho.

Após a palestra, a cantora Sued Nunes encerrou o evento com sua música referenciada na ancestralidade. O show intimista Travessias alternou canções autorais e reflexões da jovem cantora, filha do Recôncavo baiano, sobre a música preta e suas influências.

Daniela Franco, gerente de comunicação do Salvador Bahia Airport, pontuou: “Através dessa programação, nossos colaboradores e passageiros podem vivenciar um pouco da cultura e raízes da nossa história. Dessa forma, as ações durante o Novembro Negro destacam o compromisso da VINCI Airports de ressaltar a importância da promoção da diversidade e inclusão em todos os espaços, evidenciando o trabalho de artistas negros não só no mês de comemoração, mas durante todo o ano”, finaliza.

Informações da Assessoria de Imprensa da VINCI Airports

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Boeing conta com lobista na Casa Branca para convencer a China...

0
É notável que a Boeing desempenha um papel estratégico para o governo dos EUA como uma das maiores exportadoras do país.