Países Baixos compram jatos brasileiros Embraer C-390 por R$13 bilhões

Os Países Baixos (também conhecidos como Holanda) acabaram de escolher o jato brasileiro Embraer KC-390 para substituir o C-130 Hércules.

© Força Aérea Brasileira

O anúncio foi feito nesta tarde pelo Ministro da Defesa holandês, Christophe van der Maat, que apontou que os atuais quatro aviões C-130J Super Hércules estavam previstos para voar até 2031, mas a sua baixa taxa de disponibilidade por causa da idade avançada das aeronaves, fez com que não fosse mais viável esperar até a próxima década para substituí-los.

Com isso os Países Baixos escolheram o Embraer C-390M Millenium para substituir os quatro C-130J. O planejamento inicial era para quatro novas aeronaves, mas isso aumentou para cinco “para atender as novas demandas de horas de voo atuais, que serão de 4 mil. As quatro unidades inicialmente planejadas do C-390M já conseguem atender o mínimo de 2.400 horas de voo por ano, com o C-130J precisaríamos de mais uma (no total de 5) para atingir esse número mínimo” afirmou o Ministro.

C-130J dos Países Baixos © Real Força Aérea da Holanda

O contrato segundo o governo holandês está estimado entre €1 bilhão e €2,5 bilhões de Euros, chegando hoje na cifra até a cifra de R$13 bilhões de reais, a depender dos adicionais, custo de manutenção e horas voadas.

Em nota oficial a Embraer informou que “está honrada com a decisão do Ministério da Defesa da Holanda de selecionar a aeronave de transporte multimissão C-390 Millennium. Reconhecendo que ainda há muito trabalho a ser feito nos próximos meses, estamos comprometidos com o sucesso desta nova fase de cooperação com o Ministério da Defesa da Holanda“.

Os primeiros aviões serão entregues aos Países Baixos em 2026 e também farão parte do Comando de Transporte Aéreo Europeu, um Consórcio de membros da União Europeia que representa 75% da capacidade de transporte aéreo militar do continente europeu.

A sua sede é no Aeroporto e Base Aérea de Eindhoven, na própria Holanda, e tem com membros a Bélgica, França, Alemanha, Luxemburgo, Espanha, Itália e os próprios Países Baixos. Todas estas nações também fazem parte da OTAN, mas este consórcio não está ligado à aliança.

Com Informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Defesa da Holanda

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias