A mais famosa fabricante de armas do mundo tem sua própria empresa aérea

Uma fabricante de armas, a mais famosa delas, mostra diversificação de negócios com uma frota de jatos e um táxi aéreo próprio.

Divulgação – Glock

A Glock, a fabricante de armas mais popular do mundo segundo o Google Trends, superando no pesquisador a lendária Kalashnikov, do AK-47, só vende um produto no segmento de armas: pistolas.

Nada de fuzis, de espingardas, de metralhadoras, apenas pistolas, de mesmo funcionamento, que são iguais e apenas se diferenciam no calibre e tamanho. A simplicidade e ego da marca (por colocar a palavra “perfeição” em tudo o que faz) sempre foram motivos de elogios e de críticas, mas por que a empresa então abriu um táxi aéreo?

A resposta vem do próprio fundador, Gaston Glock, que fazia baionetas e aos 52 anos decidiu construir a G17, que teve uma falha em 10 mil disparos nos testes do Exército Austríaco, algo nunca atingido.

“Perfeição significa compromisso e sem comprometer a qualidade, com tecnologias voltadas para o futuro com a satisfação máxima do consumidor. Isto eu garanto como uma empresa privada e independente”, afirma Gaston.

O táxi aéreo foi fundado em 2017 e utiliza o alcance da marca Glock para se promover. São apenas três aviões na frota, um Bombardier Challenger 350 (OE-HGG), de porte médio, um Global Express XRS (OE-IGG) e um Global 6000 (OE-IGL), sendo estes dois últimos de grande porte e alcance de até 11 mil quilômetros.

Além disso, a empresa possui um helicóptero Leonardo AW139 de matrícula OE-XGD. Todas as aeronaves são baseados na Áustria, mas atendem a todo o globo.

A ideia da pequena frota segue a das pistolas: ter algo simples, mas eficaz, sempre disponível, no horário e com segurança. Segundo dados do portal de aluguel de jato e táxi aéreo Air Charter Guide, existem 33 operadoras na Áustria, mas a única com um portfólio pequeno mas diversificado, é a Glock Aviation, que não tem planos de expansão, mas de estabelecer um novo padrão, igual das suas pistolas.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias