Airbus bateu meta de entregas em 2021 e registrou 771 pedidos novos no ano passado

A Airbus entregou 611 aeronaves comerciais para 88 clientes em 2021, atingindo, portanto, sua meta para o ano passado. As informações oficiais foram entregues pela fabricante ao mercado nesta segunda-feira (10).

“Nossas conquistas em aeronaves comerciais em 2021 refletem o foco e a resiliência de nossas equipes, clientes, fornecedores e partes interessadas da Airbus em todo o mundo, que se uniram para entregar resultados notáveis. O ano viu pedidos significativos de companhias aéreas em todo o mundo, sinalizando confiança no crescimento sustentável das viagens aéreas pós-COVID ”, disse Guillaume Faury, CEO da Airbus.

Em 2021, as entregas compreenderam:

Aproximadamente 25% das aeronaves comerciais em 2021 foram entregues usando o processo de “e-delivery”, permitindo que os clientes recebam suas aeronaves com o mínimo de necessidade de suas equipes viajarem.

Em 2021, a Airbus dobrou a entrada bruta de pedidos em comparação a 2020 com 771 novas vendas (507 líquidas) em todos os programas e segmentos de mercado, demonstrando uma renovada confiança do mercado.

O A220 conquistou 64 novos pedidos brutos firmes e vários compromissos de algumas das principais transportadoras do mundo. A família A320neo obteve 661 novos pedidos brutos. No segmento de fuselagem larga, a Airbus obteve 46 novos pedidos brutos, incluindo 30 A330 e 16 A350, dos quais 11 foram para o recém-lançado A350F, que também ganhou 11 compromissos adicionais.

No final de 2021, a carteira de pedidos da Airbus era de 7.082 aeronaves. A Airbus apresentará os resultados financeiros do ano completo de 2021 em 17 de fevereiro de 2022.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Latam inicia promoção com passagens aéreas a partir de R$ 157...

0
A empresa aérea Latam informou que deu início a uma campanha de vendas com tarifas especiais para viagens domésticas no Brasil