Ao operar a maior frota de aviões Jumbo no mundo, Atlas segue com ótimos resultados

Boeing 747-400F da Atlas Air

A Atlas Air Worldwide Holding, que possui a maior frota do mundo de aviões da família Boeing 747, o icônico Jumbo Jet, anunciou nesta quinta-feira, 5 de maio, lucro líquido no primeiro trimestre de 2022 de US$ 81,5 milhões, quase estável em comparação com US$ 89,9 milhões no mesmo período de 2021.

Entretanto, a companhia destaca que o resultado de 2021 havia contado com US$ 40,9 milhões, ou US$ 31,9 milhões após impostos, de renda de concessão da Lei CARES.

Nos três meses encerrados em 31 de março de 2022, o lucro líquido ajustado totalizou US$ 88,8 milhões, em comparação com US$ 72,2 milhões.

“Estamos tendo um excelente começo em 2022. Entregamos fortes ganhos, apesar dos desafios operacionais relacionados à pandemia que continuamos a enfrentar”, disse o presidente e CEO da Atlas Air Worldwide, John W. Dietrich. “Gostaria de agradecer a toda a equipe da Atlas por seu compromisso contínuo em entregar este ótimo desempenho.”

Ele acrescentou:

“A Atlas continua a demonstrar o valor do frete aéreo como um componente vital da cadeia de suprimentos global. Estamos vendo uma mudança sustentada na demanda de longo prazo dos clientes por aeronaves dedicadas da Atlas, e a velocidade e a confiabilidade que o frete aéreo oferece. Durante o primeiro trimestre, nossos clientes continuaram a firmar e aprimorar contratos de longo prazo com a Atlas para capacidade de cargueiro dedicada.

Estamos expandindo e diversificando nossa base de clientes e aumentando os voos sob contratos de longo prazo com tarifas atrativas e níveis de voo garantidos. Para atender à demanda dos clientes, também estamos investindo em nossa frota de classe mundial, adicionando quatro novos 747-8F e quatro novos 777F. Todos os nossos quatro novos 747-8F foram colocados com clientes sob contratos de longo prazo, e também temos forte interesse nos novos 777F.”

O Sr. Dietrich concluiu: “Estamos muito bem posicionados para os próximos anos. Fortalecemos significativamente nosso balanço e temos um saldo de caixa saudável. Isso nos fornece a flexibilidade financeira para implantar capital de forma oportuna, incluindo investir em nossos negócios e devolver capital aos acionistas.”

Frota

Conforme divulgado anteriormente, a Atlas está comprando cinco de seus 747-400F ao final de seus arrendamentos ao longo deste ano, um dos quais foi adquirido em março. A companhia espera concluir as quatro aquisições restantes de aeronaves entre maio e dezembro de 2022.

A aquisição desses cargueiros de fuselagem larga reforça a confiança na demanda por capacidade de frete aéreo internacional, particularmente em mercados expressos, e-commerce e mercados globais de rápido crescimento.

Manter essas aeronaves na frota garante a continuidade da capacidade dos clientes, o que resultará em fortes retornos para a Atlas nos próximos anos.

Informações da Atlas Air

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

O avião criado para jamais ser usado, mas que está de...

0
Recentemente, no dia 28 de julho de 2022, pousou na Base Aérea de Brasília o Boeing E-4B Nightwatch, uma variante do versátil Boeing 747