Atlas Air vai levar para casa seus primeiros aviões 777F novos de fábrica

Concepção gráfica do Boeing 777F da Atalas Air – Imagem: Boeing

A Boeing e a Atlas Air Worldwide anunciaram hoje, 06 de janeiro, um pedido de quatro aviões 777F (F de Freighter, ou Cargueiro). O pedido, assinado em dezembro, fecha o recorde de 2021 para a família de cargueiros da Boeing, levnado-se em conta modelos novos e convertidos.

A Boeing previu que a frota global de cargueiros crescerá 70% nos próximos 20 anos, com transportadoras de carga como a Atlas Air apoiando os negócios de comércio eletrônico global em rápida expansão e cadeias de suprimentos em evolução.

“Estamos entusiasmados em expandir nossa frota e ofertas de serviços para nossos clientes existentes e potenciais com esses quatro novos jatos 777”, disse John W. Dietrich, presidente e CEO da Atlas Air Worldwide.

O 777F da Boeing, é atualmente o cargueiro bimotor maior, de maior alcance e de maior capacidade em operação comercial no mundo, com o menor custo de viagem e a maior confiabilidade entre todos os cargueiros de grande porte.

Com um alcance de 4.970 milhas náuticas (9.200 km), o 777 Freighter pode transportar uma carga útil máxima de 102 toneladas (224.900 lb), enquanto reduz o uso de combustível e as emissões de CO2 em comparação com os aviões anteriores.

“Estamos honrados que a Atlas Air Worldwide, como líder global em frete aéreo, tenha escolhido mais uma vez crescer com a Boeing e nossa família de cargueiros. Esses novos 777F fornecem à Atlas mais capacidade, eficiência de combustível e flexibilidade operacional para seus clientes”, disse Ihssane Mounir, vice-presidente sênior de Vendas Comerciais e Marketing da Boeing.

Até novembro, a Boeing já havia ultrapassado o recorde anterior do segmento de carga aérea, com 80 pedidos de cargueiros novos de produção e mais de 80 pedidos de modelos convertidos. A empresa anunciará no dia 11 de janeiro os pedidos e entregas recebidos em todo o ano de 2021.

Embora sem nunca antes ter comprado um 777F novo de fábrica, a Atlas Air possui atualmente 14 unidades do modelo em sua frota, além de ser a maior operadora mundial de 747 Cargueiros, com 49 jatos das variantes 747-400F e 747-8F. A transportadora americana também opera uma frota de aviões 767 e 737.

Ela também é a dona dos quatro últimos Jumbos da história da aviação, que serão produzidos neste ano de 2022 para o encerramento da linha de produção da família 747.

Boeing 747-8F da Atlas Air pousando em Campinas (SP)

No Brasil, a Atlas Air é vista frequentemente em voos regulares com seus Boeings 747 nos aeroportos de Manaus, Campinas e Guarulhos.

Com informações da Boeing

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Companhia aérea da Islândia polemiza após anunciar voos dos EUA para...

0
Somente no ano de 2022, a companhia oferecerá mais de 100 viagens de ida e volta entre os países, mesmo com os voos comerciais suspensos.