Está entregue o antepenúltimo avião 747-8F da maior operadora do modelo no mundo

Boeing 747-8F – Imagem: Paine Airport

A contagem para o fim da produção de um dos mais longevos e bem sucedidos projetos da história da aviação, a família Boeing 747, avançou nesta terça-feira, dia 7 de dezembro.

Na data, a Boeing enviou o antepenúltimo exemplar da maior operadora do mundo do modelo 747-8, a empresa cargueira norte-americana UPS Airlines. Agora, a companhia totaliza 26 unidades desta mais moderna versão do Jumbo Jet, todas na variante 747-8F de transporte de cargas.

As próximas empresas mais próximas da UPS são a Lufthansa, com 19 aeronaves da versão de passageiros 747-8I, e a Cargolux, com 14 jatos 747-8F.

Este é o 101º avião 747-8F entregue pela Boeing. Com este envio, apenas mais seis Jumbos serão produzidos até o fechamento de linha de produção. Todos são também desta versão cargueira, porém, enquanto mais dois serão da UPS, os últimos quatro serão destinados à também norte-americana Atlas Air.

O 26º Jumbo -8F da UPS partiu do Aeroporto de Everett no final da manhã da terça-feira e voou por 3 horas e meia até o Aeroporto de Louisville, o grande centro operacional da UPS:

O voo do 747-8F até Louisville – Imagem: FlightRadar24

Além dos 26 quadrijatos 747-8F, a UPS tem ainda outros 13 exemplares da geração anterior, 747-400F, totalizando uma frota de 39 Jumbos entre seus mais de 280 aviões cargueiros.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias