Ethiopian Airlines se torna a primeira cliente do Airbus A350-1000 na África

O Ethiopian Airlines Group, a companhia aérea de bandeira da Etiópia, o maior grupo de companhias aéreas da África, atualizou quatro de seus pedidos para o Airbus A350, convertendo-os para a maior variante da família, o A350-1000. Com isso, a empresa torna-se a primeira do continente africano a escolher esse modelo.

A Ethiopian Airlines já encomendou 22 A350-900, dos quais 16 aeronaves foram entregues. Com o upsizing do A350-1000, a carteira de pedidos da Ethiopian Airlines passa a consistir de quatro A350-1000 e dois A350-900.

O CEO do Ethiopian Airlines Group, Sr. Mesfin Tasew, disse: “Estamos muito satisfeitos. O A350-1000 é o mais adequado para nossas rotas densas e acreditamos que o upsizing será fundamental para atender à crescente demanda de clientes em nossa rede global nos cinco continentes. Continuaremos nos mantendo a par dos avanços da tecnologia da aviação para aprimorar nosso serviço e atender à demanda dos clientes”.

“Estamos orgulhosos de nossa forte parceria com a Ethiopian Airlines – a primeira companhia aérea na África a encomendar e operar o A350-900. Em outra estreia, a Ethiopian Airlines está mais uma vez liderando o setor de aviação da África ao introduzir o A350-1000, a maior versão da aeronave de passageiros mais eficiente e tecnologicamente avançada do mundo”, disse Mikail Houari, presidente da Airbus na África e Oriente Médio. 

O design clean do Airbus A350 apresenta aerodinâmica de última geração, fuselagem e asas de fibra de carbono, além dos motores Rolls-Royce Trent XWB. Juntas, essas tecnologias se traduzem nos mais altos níveis ​​de eficiência operacional e sustentabilidade.

Até o final de junho de 2022, a Família A350 havia recebido 940 pedidos de 52 clientes.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Aviação pela vida: 2022 teve 5,7 mil itens para transplantes levados...

0
Considerando a Força Aérea Brasileira (FAB), empresas estrangeiras, trajetos terrestres e outros transportes, o total chega a 7.840 itens.