Funcionários da British precisam sair à paisana por medo de apanhar de passageiros

Boeing 777-200 da British – Imagem: Nabil Molinari, CC BY-NC-SA 2.0, via Flickr

Após um problema nos sistemas da British Airways (BA) que levou ao cancelamento de diversos voos, alguns passageiros ficaram irritados a ponto de cuspir nos colaboradores que, com medo, tiveram que sair a paisana do aeroporto de Londres.

Todos os voos de curta distância da BA de Heathrow foram cancelados no último sábado (26), enquanto tudo, desde o site e aplicativo voltado para os passageiros até os sistemas essenciais de controle de partidas, foi afetado pela falha do sistema.

Com a falha, funcionários da British Airways receberam cuspes e ainda foram submetidos a abusos, enquanto outros foram forçados a remover seus uniformes para escapar do Aeroporto de Heathrow sem serem cercados por passageiros irritados.

Os colaboradores precisaram ficar no aeroporto e orientar os passageiros com deficiência que eles teriam que dormir no local e também observar os pais colocando seus filhos para dormir sobre as bagagens.

O colapso foi causado por um grande incidente de TI que o sindicato GMB atribui à decisão da companhia em terceirizar seu suporte técnico para a Índia em 2016. A British Airways sofreu uma enorme falha de TI em 2017, teve seus sistemas invadidos um ano depois e ainda não disse qual foi a causa do último colapso.

“Não precisava ser assim – mas o subinvestimento no negócio, além da decisão em 2016 de demitir centenas de funcionários de TI dedicados e leais e terceirizar o trabalho para a Índia estão cobrando seu preço”, disse o sindicato. “Nossos membros experientes, dedicados e trabalhadores temem que isso seja apenas a ponta do iceberg para a companhia aérea, com um verão de caos.

Em um comunicado, a British Airways assumiu a culpa pelos problemas: “Lamentamos aos nossos clientes, foi uma semana muito difícil e só podemos nos desculpar por qualquer interrupção adicional que eles possam experimentar esta noite. Estamos fazendo todo o possível para garantir que fornecemos informações atualizadas sobre o que está acontecendo.”

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Ouça o que disse uma passageira após ver chamas saindo do...

0
Nos dois vídeos, é possível ver o momento do incidente, acompanhado das comunicações entre piloto e controlador, e a mensagem da viajante.