Gol recebe mais dois Boeing 737 MAX 8 novinhos e encerra janeiro com 26 unidades

Nesse final de janeiro, a empresa aérea Gol recebeu mais dois Boeing 737-8 de marcas PS-GPJ (msn 60220) e PS-GPN (msn 65054), ambos novos de fábrica. Eles pousaram no aeroporto de Confins, onde a companhia possui um grande hangar e devem ser nacionalizados em breve, antes de serem colocados na malha.

Segundo dados do inventário do site Planespotters, empresa fecha o mês de janeiro com 26 jatos 737 MAX. Faltam 18 para que se atinja o patamar de 44 aeronaves do modelo, o número almejado pela empresa segundo a últma atualização ao mercado (32% da frota total, como mostra o quadro abaixo).

A chegada dos novos 737 MAXs permite que a GOL acelere a devolução de aeronaves -700 e -800 NG em arrendamentos de curto prazo, enquanto mantém flexibilidade para gerenciar sua frota em alinhamento com as flutuações de demanda por viagens aéreas durante e pós-pandemia.

Com os atuais compromissos de compra do 737 MAX, a GOL cumprirá seu objetivo de ter uma frota 75% composta por modelos MAX até 2030.

Outros jatos prontos

Como se vê, a Gol deve receber quase 20 novos Boeing 737 MAX ao longo do ano, o que significa mais de um por mês. Há, neste momento, vários exemplares já prontos pelo mundo, apenas esperando a “luz verde” para que sejam trasladados para a companhia.

PEDIDOS DE OUTRAS EMPRESAS – há outras aeronaves que foram pedidos originais da Jet Airways e estão prontas para entrega, que têm matrículas N420PK (msn 44872) e N406GK (msn 44874). Ambas estão armazenadas e não voam há muitos meses. Além dessas, há ainda o jato CN-MAZ (msn 60009), que foi um pedido não entregue à Royal Air Maroc e repassado à Gol.

Há também encomendas originais da Gol:

PS-GPI (msn 44348) e PS-GPM (msn 65053) – o traslado das aeronaves já foi solicitado e deve ocorrer entre fevereiro e março.

PR-XMI (msn 43994) – fez testes recentes e pode ser trasladado proximamente.

PR-XMK (msn 43995) e PR-XML (msn 43996) – encontram-se armazenadas nos EUA.

A lista acima não é exaustiva.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Artista famosa aluga avião Airbus da GlobalX para voo inédito ao...

0
A empresa aérea americana GlobalX (também se lê Global Crossing) deve fazer um voo especial e inédito, ligando a cidade de Monterrey