Mais duas ideias de funcionários são implantadas na fábrica da Saab em São Bernardo do Campo

Montagem da fuselagem dianteira do Gripen no Brasil – Imagem: Saab do Brasil

A fabricante aeronáutica sueca Saab, que produz os novos caças F-39 Gripen da Força Aérea Brasileira (FAB), informa que mais duas novas ideias de funcionários que atuam na fábrica de aeroestruturas localizada em São Bernardo do Campo (SP) foram aprovadas e implementadas como parte do programa de estímulo à inovação interna da empresa, chamado Driven by Ideas.

A primeira solução foi desenvolvida por Marcos Correa, especialista em metrologia da Saab, que buscou a eficiência no complexo processo de medição de aeroestruturas.

Quando se trata de peças como a fuselagem dianteira, este processo é ainda mais complexo devido às dimensões da estrutura. A fuselagem dianteira é normalmente posicionada em um Type Specific Tool (TST) e com o auxílio de um sofisticado dispositivo, Laser Tracker, a medição é realizada.

Uma vez posicionada no equipamento, algumas áreas da fuselagem – uma estrutura de aproximadamente dois metros de altura – não são totalmente visíveis pelo feixe de Laser, criando assim alguns pontos cegos para medição.

Para resolver o problema, Marcos elaborou e implementou um ferramental simples composto por uma base magnética, uma escada e perfis L. A solução apresentada dará à empresa maior flexibilidade para realizar medições de outras peças e estruturas de tamanhos diferentes, além da fuselagem dianteira. O ferramental também é portátil e pode ser usado em qualquer suporte estável.

“Temos agora a possibilidade de medição de estruturas grandes, utilizando os perfis L instalados nas paredes da sala. E a base magnética possibilita setups em locais de difícil acesso, como espaço confinado, medições na posição horizontal ou acima de 2 metros”, contou Marcos.

Marcos junto com sua gerente, Larissa Lessa, gerente de qualidade da fábrica da Saab em São Bernardo do Campo

A engenheira Caroline Dias é a responsável pela segunda ideia implantada. A solução desenvolvida por Caroline teve como objetivo minimizar e até mesmo eliminar o impacto das interrupções de fornecimento de energia elétrica. Estas interrupções momentâneas causam prejuízos e atrasos nas atividades de produção e de escritório.

Ela propôs o uso de um relê que reconecta automaticamente a energia elétrica após uma interrupção, fazendo isso de forma segura para as instalações da empresa.

“Após uma queda de energia e o fornecimento reestabelecido, o sistema monitora a qualidade da mesma e o relê inteligente reconecta a fábrica automaticamente sem a necessidade de intervenção humana”, explica Caroline.

Somente no mês da implantação, a inovação fez a reconexão em oito oportunidades, com mais de 30 até o momento.

Alexandre Barbosa, Gerente de Engenharia e idealizador do Programa Driven by Ideas, junto com a engenheira Caroline Dias

Informações da Saab do Brasil

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Piloto faz pouso em local isolado, acaba sequestrado por rebeldes e...

0
Na terça-feira (7), rebeldes separatistas da Província de Papua, na Indonésia, atearam fogo a um pequeno avião e fizeram de seu piloto