No Japão, avião Embraer 175 faz importante voo com algo diferente em seus tanques

Imagem: Fuji Dream Airlines

O voo fretado FDA-8100 da Fuji Dream Air (FDA) no dia 16 de março não foi um deslocamento comum de uma hora de Shizuoka para o aeroporto de Nagoya Komaki, ambos no Japão. O E175 de cor verde-chá voou usando algo especial em seus tanques.

A FDA fez uma parceria com a Euglena, uma empresa com sede em Tóquio que foi pioneira na tecnologia de cultivo em massa ao ar livre para a microalga Euglena, para voar com combustível de aviação sustentável (SAF) pela primeira vez na históra da companhia aérea.

Imagem: Fuji Dream Airlines

SUSTEO é uma espécie de SAF que é produzido principalmente a partir de óleo de cozinha usado (UCO) e Euglena. O SUSTEO emite CO2 no estágio de combustão da mesma forma que os combustíveis fósseis, mas tanto a Euglena quanto as plantas (origem do UCO) absorvem CO2 pela fotossíntese durante o estágio de crescimento, para que possa ajudar a alcançar um estado neutro de carbono – essencialmente zero emissões líquidas de CO2 no ciclo completo de uso.

O veículo terrestre que abasteceu o E175 para o voo histórico era, ele próprio, movido a diesel renovável produzido pela Euglena. A Suzuyo Shoji Co., Ltd tem um longo histórico de desenvolvimento de iniciativas de economia de energia, incluindo programas de redução nas escolas. É por isso que vários estudantes do ensino médio de ciências e tecnologia estavam entre os 77 passageiros a bordo do voo, além de convidados de governos e aeroportos.

Encontrar biomassa escalável é um gargalo para aumentar a produção de SAF em escala global. Mas o uso de microalgas pode ser uma solução local muito boa. Na verdade, o SAF da SUSTEO é certificado pela ASTM International (anteriormente American Society for Testing & Materials) no D7566 Anexo 6.

A Fuji Dream Air é uma empresa regional japonesa que opera uma frota exclusivamente composta de aviões E-Jets da Embraer, sendo 3 do modelo E170 e 13 do E175.

Imagem: Fuji Dream Airlines

Com informações da Embraer

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Rio de Janeiro e Atlanta (EUA) voltam a contar com voo...

0
A Delta Air Lines anunciou na quinta-feira (18) que retoma os voos que ligam a cidade do Rio de Janeiro a Atlanta, nos Estados Unidos