Novo sistema de gerenciamento do voo de aviões Airbus será desenvolvido pela Thales

FMS de um Airbus A350 – Imagem: Airbus

O novo sistema de gerenciamento de voo (FMS), baseado no produto PureFlyt e adaptado para atender às necessidades específicas da Airbus, será desenvolvido pela francesa Thales para equipar os aviões comerciais da Airbus, e em particular os A320, A330 e A350, com entrada em serviço planejada para o final de 2026.

O novo sistema melhorará a interoperabilidade para companhias aéreas e pilotos e otimizará as rotas de voo para ajudar a reduzir a pegada de carbono das operações das companhias aéreas.

Com a sua experiência em aviônica, conectividade e cibersegurança e gestão de tráfego aéreo, a Thales é a única empresa europeia a oferecer soluções end-to-end a bordo e terrestres que ajudam a cumprir os objetivos ambiciosos de otimizar as operações de voo em termos de pegada de carbono do setor de transporte aéreo.

O FMS é o “cérebro” da aeronave. Ele é usado para preparar voos, calcular e fornecer à tripulação as informações necessárias, definir parâmetros de voo e garantir a orientação da aeronave durante todo o voo e durante os procedimentos de aproximação e pouso, com base em fatores de eficiência de combustível e instruções do controle de tráfego aéreo.

Projetado desde o início para ser conectado e ciberseguro, o sistema maximiza os benefícios do acesso a dados de mundo aberto, incluindo informações meteorológicas em tempo real.

Ao vincular o novo FMS a sistemas não aviônicos — como o Electronic Flight Bag do piloto e os centros de controle operacional da companhia aérea — a solução torna mais rápida e fácil analisar as revisões do plano de voo, proporcionando ao piloto a melhor rota e simplificando a interação com o tráfego aéreo ao controle. Isso ajudará a aliviar o congestionamento do aeroporto, reduzir o consumo de combustível, diminuir a poluição sonora e reduzir a carga de trabalho do piloto.

O PureFlyt conta com 40 anos de experiência em sistemas de gerenciamento de voo e mais de 100 milhões de horas de voo com a geração atual de sistemas FMS da Thales, permitindo que as companhias aéreas se beneficiem de uma combinação ideal de segurança de voo, eficiência operacional e economia de combustível. Esta solução abrangente inclui bancos de dados de navegação e desempenho para cálculo preciso de trajetórias e tempos de voo ideais.

A escolha da Airbus por um sistema compatível com todas as suas aeronaves aumentará a interoperabilidade da frota das companhias aéreas e facilitará a transição dos pilotos de um tipo de aeronave Airbus para outro. O novo sistema, baseado no produto PureFlyt e adaptado para atender às necessidades específicas da Airbus, também estará disponível como opção de retrofit para aeronaves atualmente em serviço.

Informações da Thales

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Com caos aéreo, Alemanha recruta imigrantes para trabalhar em aeroportos

0
A falta de trabalhadores da aviação já tem feito o governo da Alemanha mudar a regra de imigração para evitar um caos aéreo pior.