O Boeing 737 MAX estreia em mais um país, e nas cores de uma nova empresa aérea

Imagem: FlyBonza

A Boeing entregou o primeiro avião 737 MAX 8 para a Bonza, uma nova empresa que se torna a primeira companhia aérea australiana a voar o 737 MAX. Nesta segunda-feira, 1º de agosto, a Bonza realizou uma cerimônia de recepção para comemorar o marco e dar as boas-vindas à chegada do 737-8.

Com sede no aeroporto Sunshine Coast na Austrália, a Bonza sinalizou o compromisso de adicionar sete aviões 737 MAX à sua frota em seu primeiro ano de operação. A companhia aérea está trabalhando duro para iniciar os voos no final de setembro, sujeito à aprovação regulatória.

A companhia aérea também lançou um concurso nacional em plataformas de mídia social para pedir aos habitantes locais que ajudem a nomear seus aviões.

Imagem: FlyBonza
Imagem: FlyBonza

“Estamos muito animados por receber nosso primeiro 737 MAX no Aeroporto Sunshine Coast e com tanto burburinho em todo o país para a Bonza, esperamos que hoje também seja emocionante para as comunidades para as quais voaremos”, disse Tim Jordan, CEO da Bonza.

“Nossas equipes estão trabalhando duro nos bastidores para alcançar esse marco significativo e mal podemos esperar para iniciar as operações em um futuro próximo. A eficiência, confiabilidade e capacidade geral do 737 MAX nos permitirão oferecer aos nossos clientes voos de baixo custo e o mais alto nível de conforto a bordo”, completou Jordan.

Mais de 40 companhias aéreas em todo o mundo estão operando o 737 MAX, que realizou mais de 720.000 voos comerciais, totalizando mais de 1,8 milhão de horas de voo desde o final de 2020.

Informações da Boeing

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Voo da Copa sai da pista e passageiros saem do avião...

0
Um Boeing da Copa acabou saindo da pista nesta noite de domingo, e os passageiros tiveram que sair às pressas descendo pelo motor do avião.