Início Empresas Aéreas O melhor dos dois mundos: a Saab e a Scania são a...

O melhor dos dois mundos: a Saab e a Scania são a mesma empresa?

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Os logos idênticos e o país de origem fazem muitas pessoas pensarem que a Saab e a Scania são uma empresa só.

As coincidências continuam até no Brasil: a Saab se instalou em São Bernardo do Campo, apenas 15 minutos distante e na mesma cidade da fábrica da Scania no Brasil.

As empresas suecas são conhecidas mundialmente, e inclusive já foram uma só, mas não é o caso de hoje, em que apenas compartilham a logo e mantém a amistosidade.

A foto acima, do arquivo das empresas, é de 1988 e mostra o protótipo do caça Gripen, o bimotor turboélice regional Saab 340, o caminhão Scania 142H, o ônibus Scania CN-112 e o carro Saab 9000, o mais popular da fabricante sueca.

Na verdade, a Saab foi criada em 1937 em Trollhättan, na Suécia, como uma fabricante de aviões para fornecer aeronaves para a Força Aérea Sueca, enquanto a Europa se preparava para outra guerra. O nome completo da empresa era Svenska Aeroplan Aktiebolaget, dando ao mundo a sigla Saab. A matriz logo se mudou para a cidade universitária sueca de Linköping, onde atualmente está a maior operação da empresa. Foi lá, em 1945, em meio a vários sonhos de diversificação, que um projeto para desenvolver carros a motor foi iniciado.

Como a fabricação de aeronaves da Saab influenciou o design de seus carros
Divulgação – SAAB

O projeto do carro Saab foi chamado Projeto 92, pois 92 era o próximo número na sequência de produção após o Saab 91, o “Safir”, um avião monomotor de treinamento. Os carros da Saab realmente deviam muito ao design do avião da Saab. Os engenheiros de aeronaves da empresa pensaram que poderiam usar seu conhecimento em aerodinâmica na fabricação de aeronaves para melhorar a aceleração, em comparação aos carros alemães que estavam no mercado da Suécia na época.

O primeiro carro foi lançado em Linköping em junho de 1947, embora tenha sido somente em 1949 que a produção, com sede em Trollhättan, realmente foi iniciada e os icônicos veículos verdes-garrafa caíram na estrada.

Ao longo dos anos, cada novo automóvel de passageiros da Saab tornou-se um clássico instantâneo de design, confiabilidade e segurança. Mas à medida que o nome do automóvel crescia, também crescia a reputação da Saab como empresa de Defesa e Segurança, atendendo ao mercado global de governos, autoridades e corporações com produtos, serviços e soluções que iam da defesa militar à segurança civil.

O fim de uma era: os carros da Saab são extintos em 2011

Ao contrário do negócio de Defesa e Segurança, que se transformou em um player global de forma constante, a história dos carros de passageiros da Saab foi mais prosaica. Depois que a fusão de 20 anos da empresa com a Scania-Vabis chegou ao fim em 1989, a General Motors assumiu 50% do novo negócio da Saab Automobile, antes de tornar a empresa uma subsidiária integral no ano 2000. Os carros da Saab não eram mais feitos pela Saab.

O futuro dos carros estava, portanto, ligado ao da General Motors, e quando a sorte da própria controladora norte-americana começou a ruir em 2008, o mesmo aconteceu com sua subsidiária sueca. Uma mudança de propriedade para incluir a montadora holandesa Spyker não conseguiu evitar o declínio, e o negócio de carros da Saab foi fechado para sempre quando a Saab Automobile AB entrou com pedido de falência em dezembro de 2011.

Porquê a confusão?

Além da história, o período Saab-Scania foi longo, e foi uma época que a Scania expandia bastante no Brasil, principalmente no final do século 21. Inclusive o logo das empresas eram o mesmo e aplicado em diversos produtos.

Foram 27 anos atuando com a mesma empresa, que mantiveram o grifo em seu logo após a separação das empresas. Apesar disso tudo, a geração atual de caminhões e de aviões das fabricantes não compartilham nada além do grifo emblemado, não sendo possível afirmar que o novo Scania S que o seu tio caminhoneiro comprou tem tecnologia do Gripen NG comprado pela FAB.

Mas que seria legal uma foto do Scania comemorativo de 63 anos no Brasil ao lado do Gripen NG da FAB, com certeza seria!

Com informações da Assessoria de Imprensa da SAAB

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A