Para onde a Voepass espera voar com seus futuros Boeings 737?

Concepção X-Plane

A empresa aérea Voepass Linhas Aéreas surpreendeu o mercado com o anúncio de que espera incorporar aeronaves Boeing 737-700 e/ou 800 à sua frota, hoje composta exclusivamente por turboélices ATR42/72. A entrada das aeronaves servirá para aumentar sua participação no disputado aeroporto de Congonhas.

Um documento recebido pelo AEROIN há alguns dias já sinalizava tal movimento, embora a falta de informações concretas nos fizesse avaliar que a empresa talvez estivesse se referindo a aeronaves de sua parceria Gol. No entanto, a confirmação dessa segunda-feira (4) mostra que, de fato, a operação será da Voepass.

E, como está confirmado pela empresa, aproveitamos para compartilhar um pequeno trecho do documento que recebemos, o qual menciona as rotas nas quais a companhia indicar que operaria a aeronave. Obviamente, há muito para acontecer, mas, por ora, a empresa menciona o uso dos aviões na rota entre São Paulo e Ribeirão Preto (sua base), tendo Goiânia como aeroporto alternativo.

Como próxima etapa do processo de inclusão da aeronave no certificado da Voepass,representantes da empresa aérea se reunirão com a ANAC na semana que vem. Curiosamente, no agendamento junto à agência, a empresa revela o anseio de iniciar operações com o jato em 10 de dezembro de 2021, enquanto que no comunicado oficial de hoje, a empresa citou 2022 como data-alvo.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias