Início Mercado

SMBC próxima de comprar concorrente e ser a segunda maior do leasing aeronáutico

O banco japonês Sumitomo Mitsui, controlador da empresa de leasing aeronáutico SMBC, teria decidido comprar a congênere europeia Goshawk. O negócio deve custar cerca de US$ 1,5 bilhão e tornará o grupo o segundo maior do mundo por tamanho de frota, reporta a agência de notícias Reuters.

Embora o negócio de leasing de aeronaves continue com dificuldades devido à pandemia e à guerra na Ucrânia, a SMBC teria tomado a decisão com a expectativa de uma recuperação futura. A irlandesa Goshawk é forte no arrendamento de aeronaves de curto alcance com um número menor de assentos. Faz muitos negócios com companhias aéreas com foco doméstico e transportadoras de baixo custo. 

Em um ranking de empresas globais de leasing de aeronaves por número de aeronaves em posse e gerenciadas, compilado pelo Airfinance Journal em 2021, a SMBC Aviation Capital ficou em 5º lugar, com 505 aeronaves, enquanto a Goshawk ficou em 20º com 182 aeronaves.

A empresa combinada ultrapassará a irlandesa Avolon, que tem 570 aviões e a BBAM com 519, tornando-se a segunda locadora, atrás da irlandesa Aercap, que no ano passado adquiriu a maior locadora, a Gecas, para se tornar a maior empresa desse mercado.