Voo que saiu da América do Sul faz parada na Irlanda com passageiro morto a bordo

Boeing 777-300 da KLM – Imagem: lasta29, CC BY 2.0, via Wikimedia

Uma aeronave da KLM que realizava um voo da América do Sul para Amsterdã, na Holanda, precisou realizar uma escala não programada em Shannon, na Irlanda, após um passageiro morrer no trajeto. O infeliz caso ocorreu na quarta-feira (4), a bordo do Boeing 777-300 de matrícula PH-BVP, que cumpria o voo regular da capital do Suriname até o outro lado do atlântico.

O voo KL-714 da KLM partiu de Paramaribo às 17h17 locais da terça-feira (3) para a travessia transatlântica, de aproximadamente oito horas, até a Holanda. No entanto, durante o trajeto do voo, um passageiro passou mal e morreu.

De acordo com o site holandês Luchtvaartnieuws, a princípio, o passageiro estaria viajando para a Holanda para tratamento médico, embora, devido a confidencialidade, a companhia aérea não quis afirmar as reais causas que causaram o óbito do viajante. A aeronave realizou um pouso no Aeroporto de Shannon à 1h22 (horário local), quando estava a menos de uma hora de seu destino originalmente programado.

Trajeto do voo com a escala na Irlanda – Imagem: RadarBox

Em uma situação como esta, quando um passageiro falece a bordo, os comissários de bordo geralmente envolvem o corpo em cobertores sobressalentes e plásticos, enquanto o voo prossegue até o destino ou a uma parada intermediária, que foi o que ocorreu no referido voo da KLM.

Já quando o passageiro tiver sofrido uma emergência médica a bordo e ainda estiver vivo ou recebendo tratamento médico ativo, a política é desviar a aeronave para o aeroporto adequado mais próximo.

Conforme dados da plataforma RadarBox, o Boeing 777 permaneceu no solo por poucas horas, tendo decolado novamente no início da manhã e cumprido 1h10 de voo até o Aeroporto de Amesterdã-Schiphol.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Procuradoria de Portugal investiga compra de aviões da TAP pela gestão...

0
A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Portugal abriu um inquérito sobre uma denúncia relacionada à compra de aviões da empresa