Asas Linhas Aéreas inicia processo para trazer ao Brasil um Boeing 727 com 43 anos de idade

Asas (Divulgação)

EXCLUSIVO – A Asas Linhas Aéreas planeja trazer ao Brasil um segundo Boeing 727-200F. Com número de série 21519 e marca brasileira planejada PS-OMS (acrônimo para Orlando Menezes Silva, o fundador da empresa aérea), o jato tem uma longa história de 43 anos. A informação foi dada ao AEROIN por uma fonte próxima da empresa, embora não haja uma previsão para a entrega do clássico trijato.

Essa aeronave, que atualmente está armazenada nos Emirados Árabes, foi construída em 1979 e entregue originalmente à American Airlines. Em 2003, foi repassada a empresas aéreas de segunda linha na Ásia e África, antes de ser retirado de operação em 2011. Ao que consta a aeronave tem configuração de passageiros.

Atualmente, a Asas Linhas Aéreas, sediada em São José dos Campos (SP), possui um Boeing 727-200F (PR-IOC), configurado para o transporte de cargas, que recebeu uma base de tinta branca e os adesivos com a logo das Lojas Americanas. O jato, no entanto, jamais voou comercialmente. No final do mês de novembro, foi enviado para Brasília, a fim de passar por manutenção pesada e atualmente encontra-se parado numa área remota do terminal da capital federal.

No final do ano passado, a empresa também confirmou seu interesse em entrar no mercado de fretamentos aéreos usando uma aeronave do mesmo modelo, mas para passageiros, que deve ser a citada acima, a qual já tem registro de marca reservado na ANAC.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Após aposentar turboélices, polonesa LOT recebe mais um jato Embraer

0
A companhia aérea de bandeira da Polônia, a LOT, recebeu o seu primeiro jato brasileiro Embraer após aposentar todos os seus turboélices.