Boeing 787 voando 16 horas para uma minúscula ilha tropical atrai a atenção no radar

O time de críquete da Austrália chegou à minúscula ilha tropical de Santa Lúcia na tarde de segunda-feira (28) após um voo fretado direto de 16 horas e meia partindo de Brisbane. No clima quente do Caribe, a equipe australiana fará um tour pelas Índias Ocidentais, onde jogará cinco jogos.

O que o voo tem de especial?

A resposta rápida é: a capacidade e alcance da aeronave.

Em tempos normais, uma excursão como essa seria realizada em voos comerciais tradicionais, com uma ou mais conexões. No entanto, sabemos que não estamos em tempos normais e, por conta das atuais restrições de viagem e regras de quarentena da COVID-19, ficou mais fácil fretar um avião inteiro só para o time.

E assim aconteceu. A Qantas foi contratada para transportar a equipe e sua comitiva em um Boeing 787-9 Dreamliner (VH-ZNF) num voo de 16 mil quilômetros, já considerando a curvatura terrestre, e de 16 horas e meia de duração através do vasto Oceano Pacífico-Sul e da América do Sul para, finalmente, chegar ao Caribe.

Imagem: RadarBox

Apesar de não ser o voo mais longo do mundo, tal rota mostra a capacidade do Boeing 787 que, segundo dados da própria fabricante, tem uma autonomia de 13.950 quilômetros, quando voando em sua total capacidade de passageiros e carga. No entanto, para esse voo do time de críquete, foram embarcados muito menos pessoas e carga, aumentando o alcance

Para realizar a operação, a Qantas usou de sua experiência nos testes do projeto Sunrise, que visam aos voos ultralongos de 20 horas num futuro próximo. Tal projeto, que deve ser retomado assim que a pandemia passar, tem por foco a realização de voos diretos de Sydney e Melbourne para Londres e Nova Iorque, além de outros destinos. Para realizar tal feito, a companhia aérea contará com aeronaves Airbus A350 especialmente adaptados.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Gol envia carta em que mostra intenção de operar no Aeroporto...

0
Atualmente no terminal opera somente a Azul Linhas Aéreas para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), hub da companhia.