China Southern informa o que acontecerá após sua saída da aliança Skyteam

Na véspera do Natal, a China Southern Airlines emitiu um comunicado em seu sítio web, informando que terá concluído todo o trabalho de transição para sua retirada da Skyteam até 31 de dezembro de 2019 e que deixará oficialmente a aliança em 1º de janeiro de 2020.

Através de acordos de cooperação bilaterais, a China Southern diz que continuará a manter parcerias de compartilhamento de código (codeshare) com os seguintes parceiros da Skyteam: Aeroflot, Aerolineas Argentinas, Air Europa, Air France, Alitalia, China Airlines, Czech Airlines, Delta, KLM, Korean Air, MEA, Saudia, Vietnam Airlines e Xiamen Airlines.

Os membros do China Southern Sky Pearl Club continuarão a ter direito a serviços de acúmulo, resgate e benefícios ao voar com os parceiros skyteam acima mencionados.

Novo programa de benefícios

Simultaneamente, a partir de 1º de janeiro de 2020, a empresa vai lançar oficialmente o programa “CZ Priority” para substituir o uso do “SkyPriority” em seus próprios voos.

Este novo programa garantirá que os privilégios de todos os titulares de cartões de ouro e prata da China Southern, bem como membros elite/elite plus dos parceiros SkyTeam acima mencionados, permaneçam inalterados quando voam com a chinesa, incluindo check-in prioritário, entrega de bagagem prioritária, embarque prioritário e acesso a lounges VIP, etc.

Na nota, a China Southern diz que “continua comprometida com sua filosofia de décadas de Cliente Primeiro”, unindo as mãos de seus parceiros para criar valor adicional de viagem para os passageiros”.

Avião Airbus A380 China Southern

Outros parceiros além da Skyteam

Além de seus parceiros da SkyTeam, a China Southern acelerou a expansão de seu “círculo global de parcerias”, estabelecendo acordos bilaterais de codeshare com: American Airlines, British Airways, Emirates, Finnair, JAL, Qantas e Qatar. Essas relações aéreas permitem aos passageiros viajar para todos os principais destinos ao redor do mundo emitindo bilhetes diretamente com a companhia chinesa.

A China Southern iniciou uma cooperação abrangente de programas de passageiro frequente com a American Airlines em 20 de março de 2019 e assinou um acordo de cooperação de joint-venture com a British Airways em 17 de dezembro de 2019.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias