Início Indústria Aeronáutica

Começa a montagem do jatinho elétrico alemão Lilium Jet, modelo que deverá ser usado no Brasil pela Azul

Concepção gráfica do Lilium Jet – Imagem: Lilium

A fabricante aeronáutica alemã Lilium, desenvolvedora do primeiro jato totalmente elétrico de decolagem e pouso vertical (jato “eVTOL”, na sigla em inglês), anunciou hoje, 19 de setembro, que alcançou um marco significativo de desenvolvimento com o início da montagem da fuselagem do Lilium Jet, que permanece no caminho certo para o esperado primeiro voo tripulado planejado para o final de 2024.

Segundo a empresa, o início da montagem da fuselagem serve como outra manifestação tangível do roteiro estratégico da Lilium, demonstrando sua capacidade de progredir desde a visão até a execução.

A fabricante explica que esta é a primeira das sete fuselagens das sete aeronaves que serão usadas para obter a certificação de tipo do Lilium Jet.

A fuselagem foi desenvolvida em colaboração e está sendo construída pelo fornecedor aeroespacial de primeiro nível e parceiro estratégico Aciturri em suas instalações em Valladolid, Espanha. A entrega da fuselagem nas instalações da Lilium em Wessling, Alemanha, está prevista para o quarto trimestre de 2023, a tempo do início da montagem da primeira aeronave, planejada para o final do ano.

Yves Yemsi, COO da Lilium disse: “Estamos muito satisfeitos em iniciar a montagem da primeira fuselagem do Lilium Jet em Aciturri, aproximando-nos um passo da remodelação da mobilidade aérea regional sustentável. Vemos isso como mais uma prova de que nossa abordagem de parceria com fornecedores aeroespaciais comprovados para trazer nossas aeronaves eVTOL de última geração ao mercado é a estratégia ideal à medida que avançamos no caminho para a certificação e entrada em serviço do Lilium Jet.”

Klaus Roewe, CEO da Lilium, comentou: “Esta fase é mais do que apenas um passo técnico – é um sinal claro para todas as partes interessadas da Lilium do nosso compromisso em tornar a mobilidade aérea regional mais eficiente, agradável e sustentável. À medida que montamos a fuselagem, também criamos uma experiência de voo transformadora, ao mesmo tempo que mantemos a nossa promessa de eficiência, conforto e segurança incomparáveis.”

Parceria Estratégica com Aciturri

Esta mais recente fase do programa da Lilium acontece após uma revisão abrangente do programa industrial realizada no final de agosto de 2023, na qual as lideranças da Lilium e da Aciturri revisaram e deram luz verde aos componentes e processos iniciais de produção industrial.

A Aciturri, que é um investidor da Lilium, é um fornecedor aeroespacial estabelecido com quase 50 anos de experiência em programas de aeronaves comerciais, incluindo o projeto e fabricação dos principais componentes de fuselagem para os programas Airbus A350, A320, A400M, Boeing 787 e Embraer KC390, entre outros. Além de apoiar a industrialização do Lilium Jet, a Aciturri continuará a apoiar a otimização e certificação do design do Lilium Jet nos próximos anos.

Maria Eugenia Clemente, CEO da Aciturri Aeroestruturas, disse: “A Aciturri está empenhada em desempenhar um papel de liderança na transformação da mobilidade aérea regional sustentável, que apoia o objetivo da Europa de alcançar a neutralidade climática. Estamos totalmente alinhados com a visão e o design da Lilium e estamos muito satisfeitos por termos evoluído a nossa parceria para um estágio tão fundamental em direção ao nascimento do Lilium Jet.”

Lilium Jet no Brasil

Como mostrado pelo AEROIN em ocasiões prévias, em agosto de 2021 a Azul Linhas Aéreas informou ao mercado seus planos de parceria estratégica com a alemã Lilium para construir uma malha exclusiva no Brasil com as aeronaves eVTOL da empresa.

Segundo os termos daquele momento, a potencial parceria, caso concretizada, pode ter um valor total de até US$1 bilhão e incluir uma frota de 220 aeronaves eVTOL, com operação prevista a partir de 2025.