Dono da ITA entra com petição para sair da recuperação judicial

Divulgação – Itapemirim

O Grupo Itapemirim, dono da Itapemirim Transportes Aéreos (ITA), entrou com pedido na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Cidade de São Paulo para que seja encerrado o processo de recuperação judicial, no qual está há cinco anos, desde 2016. A requisição foi protocolada na segunda-feira (24).

Em nota ao Diário dos Transportes, o Grupo informou:

“O Grupo Itapemirim tem cumprido rigorosamente todas as cláusulas do processo, incluindo os pagamentos aos credores. Diante disso, há a expectativa de uma decisão favorável para que o juiz Universal possa proferir sentença de encerramento da Recuperação Judicial, nos termos dos artigos 61 e 63 da Lei 11.101/05, com redação da Lei 14.112/20. O encerramento da Recuperação Judicial é um passo importante nesta nova fase do Grupo Itapemirim”.

Em uma entrevista recente, o Grupo havia citado os planos de sair da recuperação antes do primeiro voo de sua empresa aérea. Caso os credores aceitem e a saída da recuperação se concretize, a empresa dará um importante passo rumo à retomada de sua condição de crédito, deixando para trás um score de crédito de default (alto risco de inadimplência), para uma nota um pouco melhor.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Pouco depois de retomar voos, Latam vai aumentar as frequências para...

0
Após uma suspensão de 24 meses, a Latam retomou seus voos entre Santiago do Chile, Auckland e Sydney em 29 de março. A empresa