Início Empresas Aéreas

Governo americano quer que aéreas reembolsem passageiros por troca de aeronave

Se aprovada, uma proposta do governo americano fará com que as companhias aéreas reembolsem os passageiros por atrasos e até troca de aeronaves do voo.

A medida está sendo colocada pelo Departamento de Transporte dos EUA, que agora abriu para consulta pública para ter a opinião dos cidadãos sobre o assunto. Pela proposta, caso o voo doméstico atrase por mais de 3 horas ou cancele, o passageiro terá seu reembolso integral da tarifa, e o mesmo valerá para voos internacionais com cancelamento ou atraso superior a 6 horas.

Atualmente, os EUA são um dos países com menor número de leis de proteção ao consumidor e as empresas precisam dar assistência ao passageiro apenas em caso de overbooking, não precisando fornecer compensação por atrasos por motivos meteorológicos ou operacionais.

O reembolso também só é previsto em cancelamentos quando uma opção de acomodação em outros voos, da mesma empresa ou de concorrentes, não for possível. No entanto, agora com a nova medida, ficará mais claro quando o passageiro terá direito.

Outros pontos da proposta incluem o reembolso se houver mudança no aeroporto de destino ou chegada (por exemplo, se a saída de Nova Iorque mudar do JFK para La Guardia), se o itinerário for alterado para colocar uma parada (conexão ou escala) não prevista, ou até mesmo mudança de aeronave, que resulte num downgrade que prejudique a experiência de voo do cliente, sendo que um exemplo seria mudar de um Boeing 777 para um Boeing 737, menor e mais apertado.

A medida em si vem após vários problemas durante os últimos feriados e nas férias de verão, em que a falta de funcionários, tanto das companhias aéreas, quanto em outros entes como o controle de tráfego aéreo, causaram um ‘mini caos aéreo’ nos EUA, apesar de muito menor do que o grande problema aeroportuário europeu.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile