Início Acidentes e Incidentes

Governo britânico faz declaração no aniversário do colapso do trem de pouso de um B787

Imagem: AIBB

Após um ano, a AAIB, órgão britânico responsável pela investigação de acidentes e incidentes, forneceu uma declaração de atualização sobre a investigação em andamento dos trabalhos sobre o incidente envolvendo um Boeing 787-8 da British Airways, enquanto estacionado no aeroporto de Heathrow, em Londres.

Uma tarefa de manutenção antes da partida exigia que as portas do trem de pouso fossem cicladas. Para conseguir isso, o trem de pouso teve que ser acionado enquanto a aeronave estava no solo. Para evitar que o trem de pouso se retraísse quando a alavanca fosse colocada para cima e para garantir que apenas as portas do funcionariam, os pinos de travamento foram instalados

No entanto, mesmo assim, quando a alavanca do trem de pouso foi movida para cima, o trem de pouso retraiu e o nariz da aeronave atingiu o solo causando danos significativos à seção frontal inferior e ferimentos leves a um dos trabalhadores de solo.

A investigação identificou que o pino de travamento havia sido inserido inadvertidamente no orifício errado e isso levou ao colapso da aeronave no solo. 

Por conta dessa ocasião, a AAIB publicou o Boletim Especial S1/2021 em 14 de julho de 2021 detalhando casos anteriores de retração do trem de nariz, com instruções para que isso não voltasse a se repetir. Também foram emitidos um Boletim de Serviço da Boeing (B787-81205-SB320040-00) projetado para evitar a colocação incorreta do pino e uma Diretiva de Aeronavegabilidade da FAA que exigia a implementação do Boletim de Serviço da fabricante por parte dos operadores do modelo. 

Leia mais: