Início Aeroportos

Inaugura daqui a 20 dias o segundo aeroporto internacional da Cidade do México

Renderização: Governo do México

O novo aeroporto internacional Felipe Ángeles, nos arredores da Cidade do México, será inaugurado no dia 21 de março. Com ele, vem também o desafogamento do saturado aeroporto atual, que em 2019 já havia ultrapassado seu limite projetado de 50 milhões de passageiros.

Durante a pandemia, no entanto, a quantidade a queda no número de viajantes deu ao governo um tempo extra para concluir a obra, orçada em US$ 2,6 bilhões. A construção foi erguida em tempo recorde de apenas 2 anos e 10 meses e se beneficiou do terreno e pista da base aérea de Santa Lúcia, localizada a 45 quilômetros da capital mexicana.

Por ora, no entanto, apenas a primeira fase do projeto será lançada, que contempla um edifício terminal. No futuro, porém, o aeroporto dobrará de tamanho e capacidade. Para a inauguração, foram selecionados oito voos nacionais, ligando as cidades de Monterrey, Guadalajara, Cancún e Tijuana, além de duas operações internacionais de carga chegadas dos Estados Unidos.  

Não existe intenção de substituir por completo o atual aeroporto da capital mexicana, mas sim que os dois operem de maneira complementar.

Polêmica

Pesa desafogar o aeroporto internacional, o governo do ex-presidente Enrique Peña Nieto havia iniciado a construção de um outro aeroporto, em Texcoco, a 25 quilômetros da capital, que deveria custar vultosos US$ 13 bilhões. No entanto, em 2018, quando a obra estava 30% concluída, o atual presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, desistiu da ideia e propôs que o aeroporto fosse construído em parte do terreno que compõe a Base Aérea de Santa Lucía. 

Ele queria que o financiamento para a construção saísse do orçamento nacional, em vez de depender de dívidas, e encarregou as forças armadas de construir o aeroporto. Antes, os soldados no México só construíam escolas, hospitais e casas. O aeroporto tornou-se o primeiro projetos de construção em grande escala a ser realizado pelas forças armadas. 

O aeroporto tem o nome de Felipe Ángeles, general da Revolução Mexicana de 1910, e será inaugurado em 21 de março, aniversário do líder mexicano Benito Juárez, o presidente que instituiu a separação entre Igreja e Estado.

Na semana passada, o governo do México divulgou um vídeo em que mostra como ficou o terminal – abaixo, espere carregar.

Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.