MInfra apresenta próximos leilões de aeroportos brasileiros, em evento na Suíça

Terminal do Aeroporto de Belém – Imagem: Infraero

O secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, apresentou na última terça-feira, 30 de novembro, em Zurique, na Suíça, os projetos da 7ª e última rodada de concessão de aeroportos brasileiros. Na cidade, ele participa do fórum GAD World 2021, evento global destinado ao setor aeroportuário, parcerias e investimentos na área.

Somados, os 16 aeroportos, liderados por Congonhas/SP (Bloco SP-MS-PA), Santos Dumont/RJ (Bloco RJ-MG) e Belém/PA (Bloco Norte II), respondem pelo processamento de 39,2 milhões de embarques e desembarques de passageiros e 26% dos passageiros que pagaram passagem no mercado de transporte aéreo brasileiro em 2019.

São previstos R$ 8,8 bilhões em investimentos nos empreendimentos após a concessão. “2022 será o ano da aviação no Brasil”, afirmou o secretário-executivo a uma plateia de operadores e investidores em aviação civil. “O Brasil segue tendo o maior e mais sofisticado programa de concessões do mundo”, destacou o secretário.

Durante o evento, o secretário-executivo também visitará empreendimentos de infraestrutura da cidade, como o Centro de Operações da VBZ, operadora de transporte público da Suíça, além da Kibag, empresa produtora de materiais de construção de alta qualidade, como areia, cascalho, concreto e outros.

Informações do Ministério da Infraestrutura

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias