Passageira perde o controle após acusação de roubo e dispara extintor na equipe do aeroporto

Na noite da última terça-feira (17), profissionais que trabalham no aeroporto de Atlanta e passageiros de um voo da Delta Air Lines testemunharam uma cena insólita, depois que uma passageira disparou um extintor de incêndio na sala de embarque. Ela teria sido confrontada após não pagar por um lanche.

A jovem teria ficado fora de controle depois que a equipe do aeroporto a questionou sobre não pagar por suas asas de frango em um restaurante do aeroporto. Em um vídeo do incidente (abaixo, esperar carregar), a mulher discute com funcionários, parecendo alegar que outra pessoa pagou por sua refeição. 

Depois disso, a mulher pega um extintor de incêndio e borrifa o dispositivo dentro do aeroporto lotado. O clipe mostra viajantes tentando fugir da jovem e da nuvem de produtos químicos que ela espalhou. Em certo momento, ela também tentou ingressar pela porta que dá acesso ao avião, quando os agentes de aeroporto correram atrás dela.

“Os policiais tentaram fazer contato com a mulher, mas ela não obedeceu e disparou nos policiais com o extintor de incêndio”, afirmou o relatório da polícia. “Apesar de serem agredidos, os policiais conseguiram deter a mulher combativa.”

Os policiais levaram-na para a delegacia, onde ela “continuou a se comportar de forma errática e combativa“, chutando e cuspindo nas autoridades.

Três agentes do aeroporto foram avaliados por desconforto respiratório e ferimentos leves, e todos foram liberados. A mulher foi levada para a Cadeia do Condado de Clayton após o incidente, aguardando acusações de agressão, de acordo com o relatório da polícia.

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Após suposta colisão em voo neste sábado, caças Sukhoi 30 e...

0
Os caças da Força Aérea Indiana caíram durante uma missão de treinamento rotineiro. Um piloto morreu e dois conseguiram se ejetar.