Passageiro é retirado de voo por não trocar máscara com uma frase para o presidente

Imagem: Redes Sociais/Edição AEROIN

Após a publicação de um vídeo no TikTok, veio a público um caso um tanto quanto curioso, que ocorreu em um voo da low-cost norte-americana Allegiant Air, envolvendo a máscara de proteção contra a Covid-19 de um passageiro e uma ofensa ao presidente do país.

O passageiro de um voo não informado da companhia foi convidado a se retirar da aeronave após discutir com uma funcionária da aérea que o abordou por conta de sua máscara, que alegadamente possuía a frase “Let’s go Brandon”, utilizada pelos Republicanos e apoiadores do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para xingar o atual presidente, o Democrata Joe Biden.

Como mostrado no vídeo abaixo, a funcionária insistia para que o cliente deixasse a aeronave, já que ele se negou a seguir o pedido da tripulação para trocar a máscara, o que estaria infringindo um regulamento da Administração Federal de Aviação, a FAA.

A funcionária também teria proibido o passageiro de gravar a situação, mas outro passageiro estava registrando todo o ocorrido.

Confira o vídeo:

Em nota para a Fox Business, a  Allegiant Air alega que “desrespeitar as instruções dos membros da tripulação de voo é proibido por regulamentos federais e é motivo para remoção de um voo onde tal conduta cria um ambiente inseguro”, e que “o passageiro foi retirado do voo e recebeu o reembolso de sua tarifa”.

A aérea ainda ressalta que “em abril, a FAA adotou uma política de tolerância zero contra o comportamento indisciplinado de passageiros, que inclui a falha em cumprir as instruções dos membros da tripulação”.

Leia também:

Arthur Gimenes Prado
Arthur Gimenes Prado
Estudante do Ensino Médio, 15 anos, foi repórter na TV Cultura Paulista e Rádio Morada do Sol FM, também com passagem como colunista no Portal do Andreoli e participações especiais na Record News, Rádio CBN e EPTV.

Veja outras histórias

Avião Airbus A330 carregado de roupas fica danificado após colisão com...

0
Um avião do modelo Airbus A330-300 pertencente à Turkish Airlines sofreu danos na nacele do motor direito, enquanto estava estacionado