Piloto arremete avião A320 a instantes do toque ao ser avisado sobre um veículo na pista

Airbus A320 da Aeroflot – Imagem: Marvin Mutz / CC BY-SA 2.0, via Flickr

Uma grave ocorrência foi registrada no último domingo, dia 26 de dezembro, quando os pilotos de um avião comercial precisaram arremeter a instantes do toque de suas rodas no solo, por conta de um veículo na pista.

A situação se desenvolveu no aeroporto de Rostov, na Rússia, e a aeronave envolvida foi o Airbus A320 registrado sob a matrícula VP-BIJ, operado pela companhia aérea russa Aeroflot.

Segundo informações apresentadas pelo The Aviation Herald, naquele momento o jato efetuava o voo de número SU-1156, de cerca de duas horas de duração, que partiu do aeroporto Sheremetyevo, na capital russa Moscou, com 140 passageiros e 5 tripulantes.

O piloto aos comandos do A320 já estava efetuando o “flare” (elevação do nariz da aeronave para reduzir a razão de descida e suavizar o toque) para a pista 05 de Rostov por volta das 16h00 do horário local (13h00 Zulu), a cerca de 6 pés (1,8 metro) em relação ao solo, quando iniciou a arremetida (desistência do pouso e retomada de velocidade e altura) após o controlador de tráfego aéreo da torre instruir tal ação.

O motivo da instrução de arremetida quando tão próximo do toque do avião com o solo foi a presença de um veículo limpa-neve na pista, que não tinha sido autorizado a entrar na área de pista.

Tal situação é classificada como incidente de “runway incursion”, ou seja, incursão de pista – segundo definição técnica, qualquer ocorrência em um aeroporto envolvendo uma aeronave, veículo, pessoa ou objeto no solo que crie um risco de colisão ou resulte na perda de separação com uma aeronave decolando, pousando ou pretendendo pousar.

A trajetória do voo, em função da arremetida e nova aproximação – Imagem: RadarBox

Os boletins de informações meteorológicas (METAR) dos horários próximos ao do incidente indicavam queda de neve e alguma limitação de visibilidade, com expectativa de piora das condições, incluindo aumento da nevasca e redução da visibilidade para até 200 metros:

METAR URRP 261230Z 36004MPS 5000 -SHSN SCT034CB M01/M02 Q1013 R05/690132 TEMPO 0200 +SHSN BKN001 BKN020CB RMK QFE755/1007=

METAR URRP 261300Z 01003MPS 2400 -SHSN SCT030CB M02/M02 Q1013 R05/690132 TEMPO 0200 +SHSN BKN001 BKN020CB RMK QFE755/1007=

Após a arremetida, o Airbus A320 pousou com segurança em sua segunda aproximação para a pista 05 cerca de 11 minutos depois.

A Rosaviatsia, agência de aviação da Rússia que investiga acidentes e incidentes, iniciou uma investigação e classificou a ocorrência como um incidente sério.

Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias