Aviões já podem pousar no aeroporto de La Seu quando a temperatura for maior de 30 ºC

Foto; Iberia

A Agência Nacional de Segurança da Aviação da Espanha (AESA) suspendeu a restrição que impedia os aviões da Air Nostrum, uma subsidiária da Iberia, de pousar e decolar no aeroporto de Andorra-La Seu quando a temperatura está superior a 30 graus Celsius, informou o diário catalão Radio Seu.

O diretor comercial da companhia aérea, Juan Corral, informou que o órgão autorizou operações até 37 graus, depois de verificar que os regulamentos eram antigos e inadequados para os aviões ATR 72 usados ​​pela Air Nostrum atualmente. Ainda assim, os voos precisam operar com restrição de peso.

Em ocasiões recentes, os voos entre Madrid e La Seu d’Urgell, inaugurados em dezembro passado, tiveram que ser desviados por causa do calor.

Em temperaturas mais altas, a densidade do ar é menor e, portanto a sustentação da aeronave também, implicando em riscos para a operação na pequena pista de 802 metros do aeroporto europeu. Isso faz com que os aviões precisem de mais velocidade para decolar e, portanto, mais comprimento de pista.

Voando com sua capacidade máxima, o ATR 72-600 tem uma distância requerida de decolagem de 1.279 metros e de pouso de 915 metros, ambas acima do disponível em La Seu, segundo dados da própria fabricante. Para que possa operar lá, apesar da flexibilização, o avião precisa ter seu peso reduzido (com menos combustível ou menos passageiros).

Carlos Ferreira
Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Sob fortes ventos, Airbus da Latam balança as asas ao arremeter...

0
Uma arremetida no Acre chamou a atenção e assustou passageiros, após fortes ventos balançarem um Airbus da LATAM.