Início Acidentes e Incidentes

Boeing 787 termina com sérios danos ao entrar em mau tempo em voo

Danos aos flaps do Boeing 787 – Imagem: Transponder 1200

Um Boeing 787 sofreu um grave incidente ao passar por condições meteorológicas adversas, terminando com danos bastante sérios na asa pouco mais de uma semana atrás, no dia 21 de abril.

Segundo reporta o Transponder 1200, a aeronave envolvida foi o Boeing 787-8 registrado sob a matrícula N966AM, operado pela Aeromexico, quando estava realizando o voo AM-179 de Tijuana para a Cidade do México.

Boeing 787-8, semelhante ao envolvido – Imagem: Masakatsu Ukon / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

O jato já havia percorrido a rota no nível de voo 390 (39 mil pés, ou cerca de 11.900 metros, de altitude) e iniciava a descida quando, perto das 19:00 locais (00:00Z), ingressou em uma zona de tempestade com formação de granizo.

Dados das plataformas de rastreamento online mostram que os pilotos comandaram duas órbitas (trajetórias circulares de espera) durante a descida para a Cidade do México, mas não há informações sobre a relação das esperas com o incidente.

Imagem: RadarBox

A aeronave pousou posteriormente na pista 05R da Cidade do México por volta das 19:30L (00:30Z).

Uma inspeção pós-voo revelou amassados e penetrações, presumidos como causados por grandes pedras de granizo, no cone do nariz, nas luzes de pouso nas asas esquerda e direita e em abas dos flaps.

A aeronave ainda permanecia no solo no aeroporto da Cidade do México até a publicação desta matéria, mais de 9 dias depois do pouso.