Surgem imagens do 1º Airbus A380 a ser desmantelado na história da Emirates

A Emirates anunciou oficialmente nesta última segunda-feira, 1º de novembro, como vimos aqui no AEROIN, que assinou um contrato para o desmantelamento do primeiro avião Airbus A380 a ser aposentado em sua frota.

Apesar do anúncio ainda recente, entretanto, o processo de desmontagem já está a toda velocidade, conforme imagens que passaram a circular pelas redes sociais nesta semana.

O avião, que agora começa a ser visto aos pedaços, sem muitas peças e componentes e com todo o conjunto de cauda completamente cortado da fuselagem, é o registrado sob a matrícula A6-EDA, um exemplar de cerca de 13 anos e 3 meses desde a entrega à Emirates.

Por sinal, este avião foi o primeiro gigante de dois andares a ser recebido pela empresa dos Emirados Árabes, dando início à sequência de mais de 120 unidades do modelo ainda sendo finalizadas até hoje pela Airbus para a Emirates.

Segundo a companhia aérea descreve, este A380 foi recebido em 28 de julho de 2008 e realizou seu primeiro voo comercial poucos dias depois, em 1º de agosto, partindo de Dubai para o aeroporto JFK de Nova York, Estados Unidos.

Embora tenha começado a ser desmantelado agora, seu último voo na malha da Emirates aconteceu entre Singapura e Dubai em 8 de março do ano passado, portanto, o gigante nunca mais voltou a transportar passageiros desde que foi estocado em função do início da crise das viagens aéreas por conta da pandemia.

Ao longo destes 13 anos de serviços por destinos ao redor do mundo, o A6-EDA completou 6.319 voos e passou por nada menos do que 62 aeroportos.

Agora, suas peças sendo desmontadas pela Falcon Aircraft Recycling, tais como motores, trens de pouso e componentes de controle de voo, vão se tornar inventário de estoque de reposição para os outros Airbus A380 que continuam em operação na Emirates, enquanto outras peças se tornarão itens colecionáveis ​​exclusivos, bem como uma parte dos lucros da venda dos itens reaproveitados beneficiará a Emirates Airline Foundation, que atua em programas sociais no mundo todo.

“É uma solução de aposentadoria elegante e adequada para esta aeronave icônica e nosso carro-chefe”, comentou Tim Clark, Presidente da Emirates Airline.

Segundo a Falcon, na “desconstrução” do A380, aproximadamente 190 toneladas de vários metais, plásticos, compostos de fibra de carbono e outros materiais serão removidos da aeronave e encaminhados para reciclagem ou reaproveitamento.

Com informações da Emirates

https://aeroin.net/emirates-aposenta-seu-primeiro-airbus-a380-e-vendera-o-iconico-bar-da-primeira-classe/

https://aeroin.net/concluida-primeira-desconstrucao-airbus-a380-na-historia/

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Aeroporto Santos Dumont recebe certificação operacional da ANAC

0
Mais um aeroporto é certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O Santos Dumont recebeu, nesta quinta-feira, 11 de agosto