Está confirmada a compra de 4 aviões A350F pela CMA CGM Air Cargo

Imagem: Airbus

Após informar há um mês que havia assinado um Memorando de Entendimento (MoU, na sigla em inglês) para a possível venda de quatro aviões do novo projeto cargueiro do modelo A350 ao Grupo CMA CGM, líder mundial em transporte e logística, a Airbus hoje confirma que o pedido de compra foi concluído.

Este pedido para o A350F elevará a frota total de Airbus da CMA CGM para nove aeronaves, incluindo quatro A330-200F e um A330-200 que ainda será convertido em um cargueiro.

Além das aeronaves europeias, a empresa de logística também confirmou em outubro uma encomenda para duas unidades do 777F, da fabricante americana Boeing.

O CMA CGM Group lançou sua divisão de frete aéreo dedicado, a companhia CMA CGM AIR CARGO, em fevereiro deste ano de 2021, iniciando suas operações comerciais em março com seu primeiro voo entre Liège, na Bélgica, e Chicago, nos Estados Unidos, seguido de voos para Nova York e Atlanta, também nos EUA, e para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

O A350F apresenta, segundo a Airbus, uma queima de combustível pelo menos 20% menor em relação ao seu atual concorrente mais próximo, com uma capacidade de carga de 109 toneladas (3 toneladas a mais de carga útil / 11% mais volume do que sua concorrência). É a única aeronave cargueira de nova geração pronta para os padrões aprimorados de emissões de CO₂ da ICAO para 2027.

Com informações da Airbus

https://aeroin.net/o-que-esperar-do-airbus-a350-1000f-a-mais-nova-dor-de-cabeca-da-boeing/

https://aeroin.net/gigante-dos-mares-anuncia-expansao-aerea-com-dois-boeings-777f/

Murilo Basseto
Murilo Bassetohttp://aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e com Pós-Graduação em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Programa militar americano para desenvolvimento de um gigante hidroavião pesado avança

0
A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos EUA, mais conhecida por seu acrônimo DARPA, está trabalhando em um projeto